top of page
Buscar
  • Foto do escritorMiguel Fernández

Na Bahia é baiano!


Em 1998 passei 5 dias em Angola, a trabalho. Angola estava em franca guerra civil. Durante esses 5 dias fomos acompanhados boa parte do tempo um engenheiro angolano, negro de nome Filipe, muito simpático, culto e falante, formado em Portugal.

Dentre os assuntos tratados e conversados, além dos técnicos, como é comum, abordaram-se as diferenças e semelhanças do idioma que falávamos, tanto no sotaque quanto nos termos usados.

Coisas tais como bicha e fila, putos ou miúdos e crianças, e que mesmo em um de nossos países as variações eram enormes, como era o caso de pandorga (no sul do Brasil) papagaio (no nordeste) e pipa (no Rio), também cafifa, quadrado, arraia ou pepeta, no acre e no amazonas.

Como o assunto é apaixonante, e puxado pela palavra “bicha” (fila em Portugal), o Felipe mostrou farto vocabulário e excelente senso de humor e disse em voz alta: soube que no Brasil é assim: no Rio Grande do Sul é “fresco”, em São Paulo é “gay”, em Minas “entendido”, no Rio de Janeiro é “viado”, no Maranhão é “qualira”, no Ceará é “baitola” e na Bahia é “baiano”...

Evidentemente a piadinha pode ser aplicada a qualquer naturalidade.

Nesse momento estávamos (eu, o Ivanildo Calheiros e o Filipe) nos arredores de Luanda, com alguns colegas brasileiros, um deles baiano. Certamente pelo desgaste de estar longe de casa, em clima de guerra, devia estar em seus limites e não gostou, partindo agressivamente para o Filipe e foi preciso conte-lo quase fisicamente... Eu mal acreditava...

Já não se faziam baianos como antigamente... Baiano já “se estressava”.

71 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Unhas

Era 1988. Os voos do Ecuador para o Brasil (e vice-versa) eram pela VARIG, que pousava em Guayaquil, porto-cidade litorânea (ao nível do mar), em dias alternados, ou seja, dia-sim-dia-não.  Acho que o

Marraio

A última mulher? Nos jogos de bolinha de gude de sua infância de carioca nos idos 1955-61, dos 9 aos 14 anos, aprendeu que o último a lançar a bolinha na direção da búlica mais afastada (eram três bur

Comments


bottom of page