top of page
Buscar
  • Foto do escritorMiguel Fernández

Vascaínos

Outro dia fui a uma marmoraria na “Rua Bela” (sob o elevado da linha vermelha). Pegando pela Avenida Brasil passei do local e tive de retornar dando a volta a partir do campo de Sao Cristóvão, pela rua São Januário.

Hoje em dia não se presta mais atenção ao caminho e sim ao aplicativo de GPS de sua escolha. Há tempos não ia por ali ou não prestava atenção, não sei. Nesse dia resolvi guiar-me pela sinalização de transito e por minha memória.

Fiquei surpreso ao ver uma profusão de placas de trânsito indicando “Vasco da Gama”.

Chegando na marmoraria comentei que o acesso ao Vasco estava super-sinalizado. O pessoal da marmoraria me informou então que o bairro inteiro tinha passado a chamar-se Vasco da Gama!

Não era mais o “São Januário” da minha infância, da minha adolescência, de sempre (estou com 72 anos!).

Imediatamente entendi a urucubaca que vem perseguindo o time do Vasco e disse em voz alta: São Januário não foi consultado, não gostou e não nos ajuda mais, tá explicado! Após um minuto de silêncio geral na marmoraria soltamos um grito digno de “Quincas berro d’água”:

CCAARRAACCAA!!!!! É ISSO!!!!

Escrevo-lhes como sofrido torcedor do único time de relevo do Rio de Janeiro cuja sede não é na zona sul, para pedir que iniciemos imediatamente uma campanha para que se revogue a lei ou decreto ou o que tenha sido e se restabeleça o “vox Populi”: o bairro se chama São Januário. As placas de trânsito, o waze, o googlemaps, os orixás, São Sebastião, São Miguel, Moisés, Buda, Maomé, Marx, Engels, Lula, FHC, enfim, todos precisam ser avisados.

A sede do glorioso Clube de Regatas Vasco da Gama fica em São Januário e ponto final.

Quem inventou essa mudança não entende nada de mandinga de futebol ou é torcedor dos adversários travestido de cruzmaltino.

Ouvi dizer que foi o Eurico. Sempre achei ele um quintacoluna flamenguista infiltrado.

São Januário, volta logo. Te amamos!!!. Desculpa essas bobagens de alguns que não sabiam o que faziam.


Miguel Fernández, engenheiro, católico, carioca 2019maio29

96 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

COTAS 01

No mínimo 50,02%(?) de mulheres, 15,92%(?) de afrodescendentes, 9,15%(?) de homossexuais, 26,8% de cristãos e 49,5% no máximo, no mínimo 7,5% de pessoas com dificuldades de locomoção ou de ver ou de o

Emigrantes, Imigrantes e Migrantes (Parte 2)

emigrante :  aquele que sai de sua região natal, por livre vontade, para viver em outro(s) lugar(es), sem perspectivas de retorno a curto prazo. Aquele que se foi para não voltar. imigrante :  aquele

Emigrantes, Imigrantes e Migrantes (Parte 1)

Era jul1969 ou por aí e eu era estagiário no escritório central da Montreal Engenharia, na rua São José 90, no centro do Rio. Nas férias escolares os estagiários de engenharia eram mandados para as ob

Comments


bottom of page