top of page
Buscar
  • Foto do escritorMiguel Fernández

Zé Ubaldo, 1982

O engenheiro José Ubaldo Telles foi diretor técnico e diretor presidente da Seneago por mais de uma vez. A gente se conheceu através do Manoel Inácio, nas lides profissionais. Homem sério, dedicado à Saneago e ao saneamento, goiano de poucas palavras, com raízes no campo, casado com D. Iraci e com seis filhos.


Por volta de 1983 tinha, talvez ainda tenha, uma fazenda ali pelos lados de Santa Terezinha de Goiás, margeando o Rio dos Bois (creio que chamava Fazenda Alegre). Com esforço conseguiu construir uma casa-sede com um quarto para cada filho.


Determinado dia me convidou para conhecer a casa, ainda em final de construção, mas já habitável, segundo ele. Lá fomos conhecer. No primeiro dia, pescaria no Rio dos Bois. Uma covardia, eram tantos peixes que eles pegavam o anzol mesmo sem isca.


Ali passei um grande susto com uma cobra de bom tamanho que, provaveimente atraída pelos estertores dos peixes na fieira, apareceu entre mim e a trilha de acesso na mata e ficou me encarando em posição ninja por bom tempo, até resolver me liberar.


O que me incomodou mais foi que eu estava descaiço. Almoço típico de fazenda, visita ao garimpo de esmeraldas de Santa Terezinha, jantar de fazenda, céu de estrelas, conversa fiada, silêncio de fazenda.


No dia seguinte à chegada, no café da manhã, aquela fartura de queijos, biscoitos de polvilho, de araruta, de fubá, beiju de tapioca, mel, melado, ovos, frutas, tudo da fazenda sob supervisão da Iraci. Uma delicia. O anfitrião na cabeceira, os filhos ao redor da mesa, o convidado.ao lado. Então o Zé Ubaldo pergunta: E ai Miguel, gostou da casa? E o carioca folgado: Ô Zé, como é que você, um sanitarista de carteirinha, me faz uma casa nova destas com um só banheiro? Em um segundo estávamos eu e o Zé sozinhos na mesa, todos, inclusive dona Iraci, foram rir escondido. Eu, sem saber, tinha tocado num ponto já discutido mas não resolvido.


E o Zé Ubaldo, muito sério: Eu fui criado em casa com um só banheiro, e na fazenda de meu pai nem banheiro tinha...


Eu não insisti Mas parece que por causa disso houve algumas modificações no projeto e os quartos foram ganhando cada um seu banheiro.


Como dizia o compadre Manoel Inácio (de Pirenópoiis, GO): a turma do campo aqui é assim, gado curraleiro, capim colonião e partido PSD (tradicional, conservador e reacionário). E acrescento: jeitão duro com coração mole.


Miguel Fernández, engenheiro consultor, cronista e articulista

Rio de Janeiro, publicado na Revista ABES Bio, em dezembro de 2016.



38 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Unhas

Era 1988. Os voos do Ecuador para o Brasil (e vice-versa) eram pela VARIG, que pousava em Guayaquil, porto-cidade litorânea (ao nível do mar), em dias alternados, ou seja, dia-sim-dia-não.  Acho que o

Marraio

A última mulher? Nos jogos de bolinha de gude de sua infância de carioca nos idos 1955-61, dos 9 aos 14 anos, aprendeu que o último a lançar a bolinha na direção da búlica mais afastada (eram três bur

Comments


bottom of page